,

A recomendação de isolamento da população devido a pandemia do COVID-19, anunciada pela OMS – Organização Mundial da Saúde, tem causado efeitos desastrosos para pequenas, médias e grandes empresas que dependem da venda direta de seus produtos para sobrevier.

Uma saída diante desse cenário, é optar pela venda online, pois podem ajudar a alavancar as vendas e minimizar o prejuízo. Consumidores em casa possuem mais tempo e necessidades para compras e contratação de serviços.
Em pesquisa divulgada pela União Internacional de Telecomunicações (UIT), agência das Nações Unidas, apontou que 3,9 bilhões de pessoas (o equivalente a 51% da população mundial) estão ligadas a internet.
Atualmente existe no mercado vários tipos de canais digitais que ajudam na utilização da internet como ferramenta de apoio à comercialização de produtos e serviço.

1 – Site – Todo empreendedor que se prese, necessita ter uma referência virtual. Além do alcance que é possível ser atingido, ter um site possibilitar uma melhor apresentação do seu negócio junto ao seu público-alvo, favorece a estratégia de relacionamento com o mercado, pois contribuem para decisão de compra dos consumidores através de seus conteúdos.

2 – Whatsapp – A maior vantagem desse canal é a otimização no atendimento e a velocidade da comunicação multimídia do conteúdo.

3 – Mercado Livre – Plataforma de comércio eletrônico que promove a venda de produtos de vários segmentos do varejo por meio de anúncios. As vendas podem ser feitas através de pagamento online.

4 – Elo 7 – E-commerce que agrega produtos e serviços participantes de um mesmo segmento. Reúne artesãos, artistas, designers, cooperativas e associações para que negociem diretamente com consumidores na internet.

5 – OLX – É um canal de classificados online que atua simplificando e acelerando a negociação em uma ampla variedade de categorias de produtos e serviços.

6 – Fábrica de Aplicativos – Possibilita a criação de um app sem a utilização de programação. A plataforma disponibiliza versões gratuitas e pagas.

7 – Americanas, Submarino e Shoptime – No modelo de marketplace permitem que outros varejistas utilizem suas estruturas para aumentar o alcance de seus produtos e vender mais.

8 – Google meu Negócio – Plataforma Google feita para o seu negócio. Reúne diversas opções para publicidade eletrônica e gerenciamento de presença digital.